segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Carta ao tempo

.
Enquanto você dá voltas lentas e obsessivas em torno de si eu só peço 1 minuto. Só 1 minuto, por favor, que eu ainda não estou pronta. Só mais um pouco e eu arrumo essa bagunça espalhada pela casa, tomo banho, coloco um vestido e sigo com você pela viagem dos dias. E assim, com a roupa do corpo, atravessamos as estações, pegamos uns bondes, perdemos uns ônibus e seguimos sabe deus pra onde com a leveza na mala e o mapa-múndi nos pés. Mas você não espera ninguém e eu me perco em tantas voltas e nos perdemos pelo caminho. Você seguindo em frente, freneticamente e eu aqui, olhando pra trás, tropeçando no espelho e tentando fazer da saudade um sentimento bom. Luta vã. Das duas uma, ou ajustamos os ponteiros ou você atrasa 1 minuto para que eu possa me arrumar.
.

5 comentários:

  1. "Pedi você pra esperar 5 minutos só e você foi embora sem me atender. Não sabe o que perdeu
    Pois você não viu, você não viu...
    Como eu fiquei" [...]
    Cinco minutos - Jorge Ben)

    ResponderExcluir
  2. Ai, as dores e delícias de ser dona do seu tempo...

    ResponderExcluir
  3. meus queridos, lindos são vocês e ponto.

    ResponderExcluir