terça-feira, 27 de novembro de 2012

Inventário de uma bolha


Sempre tive medo de altura
e fascínio
e delírio
e loucura pelo céu.
Ele sopra,
pego fôlego
e me lanço no ar.
Delicioso vôo,
mas depois quem explode sou eu